segunda-feira, 20 de junho de 2011

tão longe, tão perto


a saudade transborda,
e nela sucumbo mil vezes,
ha uma lança
que cruza os espaços e tempos,
há uma breve angústia,
por essa tal lança não ser paupável,
pelo mundo não caber entre os braços,
pela imposasibilidade de voar.
Oh belo oceano, escondei tuas dimensões,
sede pequenino,
tornai tua travessia
conjulgação do efemero
Postar um comentário